top of page
pos 2-100.jpg

Proposta

O Curso de Especialização em Psicanálise e Relações de Gênero: Ética, Clínica e Política destina-se a profissionais que trabalham com  a escuta e que buscam capacitação pelo conhecimento de novos rumos da teoria psicanalítica e sua implicação no contexto das múltiplas relações de gênero.

 

Nossa metodologia central de trabalho é manter em movimento a máxima freudiana de nos perguntarmos o que não estamos escutando em nosso tempo e quais são os mal-estares da nossa cultura.

 

Com um time de professores, textos e alunos/as/es que não são somente brancos, cisgêneros e heterossexuais, marcados por um discurso elitista e desimplicados do reconhecimento dos processos coloniais do Brasil, nosso proposta é construir um percurso de formação que esteja sempre atento as demandas de seu tempo.

 

O curso não ter por propósito ser uma formação em teoria psicanalítica, ou seja, ele não irá apresentar, meticulosamente, um percurso em psicanálise, mas fará uma (re)leitura dos conceitos que forem básicos para pensarmos psicanálise e relações de gênero. A pós-graduação em “Psicanálise e Relações de gênero: Ética, Clínica e Política” visa a promover, desenvolver e aperfeiçoar a escuta clínica em transferência, seja em  intensão ou extensão, em clínica pública ou privada (hospitais, escolas e demais instituições) para o exercício profissional diante da psicanálise, gênero e suas intersecções. 

pos 1 -imagem 1.jpg
Artboard 2.png

A PRIMEIRA

PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICANÁLISE E GÊNERO DO BRASIL

Artboard 2.png
Artboard 2.png
promoção fausp.png

Reconhecimento
e Promoção

O curso é Lato Sensu. Reconhecido pelo MEC com carga horário total de 420h. Ao final do percurso o/a/e aluno/a/e, se aprovado em todas as etapas,  receberá o título de especialista em Psicanálise e Relações de Gênero: Ética, Clínica e Polít. O curso é reconhecido pelo MEC e é promovido pela FAUSP/SP em parceria com o IPPERG.

Justificativa

Quando falamos em relações de gênero, pensamos na categoria gênero como um elemento central do nosso trabalho, mas não isolado das suas intersecções com outras categorias, como raça, etnia, classe, orientação sexual, religião, deficiência, nacionalidade etc.

 

Assim, neste curso de pós-graduação, nós buscamos pesquisadores que, em seus fazeres clínicos, éticos e políticos, levam em consideração, não como elemento central, mas como elemento não passível de isenção, os atravessamentos singulares das relações de gênero. 

Além disso, são profissionais que, em seu campo de atuação, deixam que a escuta seja primária em relação à teoria e fazem dos seus corpos ações políticas, partindo do pressuposto de que a sua teoria, independentemente da linha teórica adotada, não é imparcial frente a estigmas, violências e discriminações de seu tempo.

theyre-working-out-fresh-air-today-shot-group-designers-having-meeting-coffee-shop.jpg

Funcionamento

Saiba como funciona o curso e se organize para estudar conosco.

Frequência:

Encontros mensais.

Sextas-feiras

e Sábados.

Duração:

3 semestres (de março de 2024 a agosto de 2025) em 19 módulos mensais, com 20 horas/aula por mês.

Avaliação:

Presença + trabalhos mensais + trabalho de conclusão de curso.

Horário:

Sexta das 18h às 22h e

Sábado das 09h às 12h e

13:30 às 17h.

Aulas síncronas:

O curso é totalmente on-line. As aulas do curso serão apenas síncronas (ao vivo). O curso não será gravado.

Espaço Imersão.

Um encontro dos alunos do curso. Obrigatório por mês.

Trabalho de Conclusão:

Elaboração de um artigo de monografia, com apresentação e aprovação em banca.

Requisitos para

Inscrição:

Ter finalizado uma graduação em qualquer área de conhecimento.

Um conhecimento básico de psicanálise é obrigatório para fazer este percurso de especialização.

Nossxs Professorxs

Conheça nosso time especialista no assunto:

Foto Priscilla Santos de Souza.jpg

Dra. Priscilla Santos Souza

24. Jorge N. Reitter.jpg

Psc. Jorge Reitter

22. Alexandre Patrício.jpeg

Dr. Alexandre Patrício

13. Facundo Blestcher.jpg

Dr. Facundo Blestcher

9. Patrícia Porchat.jpg

Dra. Patricia Porchat

Ym44mqMX_400x400.jpg

Dra. Debora Tajer

TOM 2023 Perfil (cor).jpg

Me. Tom Rodrigues

Livia Ferreira.jpg

Me. Livia Ferreira

EMILIANO-3fff.png

Dr. Emiliano de Camargo David

1. José Stona.jpg

Me. José Stona

21. Camila Moraes.jpeg

Me. Camila Moraes

602e34df-7398-4a4a-898d-f1b160c42df9.JPG

Me. Cello Pfeil

11. José Damico.jpg

Dr. José Damico

7. Eduardo Leal Cunha.jpeg

Dr. Eduardo Leal Cunha

10. Daniel Kveller.jpg

Dr. Daniel Kveller

17. Sara Wagner York.jpeg

Ma. Sara York

25. Miriam Debieux Rosa.png

Dra. Miriam Debieux

6. Vitor Hugo Triska.jpeg

Dr. Vitor Hugo Triska

ANDREIA PONSI.jpg

Psc. Andrea Ponsi

16. Jaqueline Gomes de Jesus.jpg

Dra. Jaqueline  G. de Jesus

18. Thamy Ayouch.jpg

Dr. Thamy Ayouch

PHOTO-2023-05-05-08-02-52.jpg

Dra. Carolina Viola

Captura de Tela 2023-07-19 às 15.13.02.png

Dra. Andrea Gabriela Ferrari

multiracial-group-five-friends-having-coffee-together.jpg

Ementa Turma 3

  1. UMA INTRODUÇÃO A ÉTICA, A CLÍNICA E A POLÍTICA DA PSICANÁLISE A PARTIR DO GÊNERO
(22 e 23 de MARÇO de 2024)

  2. AS HISTÓRIAS NÃO CONTADAS DA PSICANÁLISE
(26 e 27 de ABRIL DE 2024)

​  3. ELABORAÇÕES SOBRE A PSICANÁLISE FREUDIANA: CONCEITOS FUNDAMENTAIS PARA UMA(S) TEORIA DE GÊNERO NA/DA PSICANÁLISE
(17 e 18 de MAIO de 2024)

  4. A DINÂMICA DO INCONSCIENTE: FEMINILIDADES E MASCULINIDADES EM FREUD
( 28 e 29 de JUNHO de 2024)

  5.  LACAN E O RETORNO A FREUD: QUAIS CONCEITOS LACANIANOS SÃO IMPORTANTES PARA PENSAR PSICANÁLISE, SEXUALIDADE E GÊNERO?
(12 e 13 de JULHO de 2024)

​  6. UM PERCURSO CRÍTICO PARA AS FÓRMULAS DA SEXUAÇÃO
(16 e 17 de AGOSTO de 2024)

​  7. A CRÍTICA DE FOUCAULT A PSICANÁLISE E O QUE FAZER COM ELA?
(27 e 28 de SETEMBRO de 2024)

​  8. A QUESTÃO DE GÊNERO PENSADA A PARTIR DE KLEIN E WINNICOTT: MUITO ALÉM DO MASCULINO E FEMININO
(25 e 26 de  OUTUBRO de 2024)

​  9. PSICANÁLISE E TEORIAS FEMINISTAS I
(22 e 23 de NOVEMBRO de 2024)

​  10. PSICANÁLISE E TEORIAS FEMINISTAS II
(06 e 07 de DEZEMBRO de 2024)

  11. PSICANÁLISE E TEORIAS DE GÊNERO I
(10 e 11 JANEIRO de 2025)

  12. PSICANÁLISE E TEORIAS DE GÊNERO II
(07 e 08 FEVEREIRO de 2025)

  13. PSICANÁLISE E TEORIAS QUEER I
(07 e 08 MARÇO de 2025)

  14. PSICANÁLISE E TEORIAS QUEER II
(11 e 12 ABRIL de 2025)

  15. PARENTALIDADES, SEXUALIDADES E GÊNEROS NO SÉCULO XXI
(09 e 10 MAIO de 2025)

  16.  PSICANÁLISE NA ENCRUZILHADA DOS NOS SABARES E NA TRAVESSIA DO ATLÂNTICO
06 e 07 (JUNHO de 2025)

  17. COLONIALIDADE E PSICANÁLISE: A AQUILOMBAÇÃO DA CLÍNICA PSICANALÍTICA
(04 e 05 JULHO de 2025)

  18. PISTAS PARA UM FAZER CLÍNICO IMPLICADO
(01 e 02 AGOSTO de 2025)

19. SEMINÁRIO DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (05 e 06 SETEMBRO de 2025)

Artboard 2.png

Valores

Lista de espera aberta

Turma de 2025

VALORES DO CURSO INTEGRAL:

Taxa de inscrição: R$: 100,00

Matrícula: R$: 250,00

Mensalidades: 24X de R$ 400,00 ( com o primeiro pagamento preciso para 10 de fevereiro de 2024). Este valor está sujeito a alteração a cada turma. Na turma 3 este valor será fixo nas 24 parcelas.

Dúvidas?

Escreva para nós

Quem somos?

Somos uma instituição que, com seus parceiros, decidiram, juntas, bancar um projeto de pesquisa, ensino e extensão em atendimento clínico especializado das diversidades sexuais e de gênero.

 

O IPPERG nasce o com o intuito de produzir formações, cursos e especializações de forma presencial e on-line, a partir de parcerias com profissionais das mais diversas áreas do conhecimento, desde que estes tenham um compromisso ético, clínico e político com as diversas formas de escuta em psicologia, não a tornando um saber soberano sobre o outro, mas atenta, principalmente, à escuta das demandas do nosso tempo.  

WhatsApp Image 2023-08-04 at 11.04.48.jpeg
Artboard 2.png

Comentários 

Confira os feedbacks dos nossos alunos/as/es:

O curso tem sido de grande valia para mim, tanto em termos teóricos quanto em minha prática profissional como psicólogo. Ao longo de minha graduação e formação, sempre senti certo incômodo em trazer à tona estudos de gênero para a psicanálise, tendo em vista o histórico de patologização que esta traz para pessoas LGBTI. Contudo, os debates, os referenciais teóricos e as aulas expositivas deste curso me mostraram que é possível pensar em questões de gênero através de uma lente psicanalítica, tal como é possível - e devemos - criticar os endurecimentos da psicanálise e a necessidade de atualizá-la, revisar certos termos e maneiras de pensar. Nesse sentido, a pós-graduação em Psicanálise e Relações de Gênero me tem sido muito engrandecedora!

Bruno Latini Pfeil


Psicólogo (CRP05/71525). Mestrando em Filosofia (PPGF/UFRJ). Pós-graduando em Psicanálise e Relações de Gênero: Ética, Clínica e Política (FAUSP). Graduando em Antropologia (UFF). Co-fundador e membro do conselho editorial da Revista Estudos Transviades. Membro do Coletivo de Pesquisas Decoloniais e Libertárias (UFRJ).

WhatsApp Image 2023-06-09 at 12.27.25 - Bruno Pfeil.jpeg

Com vagas Afirmativas

Bolsa de 30 %, 50% e 100%

O curso oferece vagas afirmativas, nas seguintes modalidades: bolsas de estudos de 100%, 50% e 30%, somente para: pessoas trans e travestis, pessoas com deficiência, e pessoas pretas, preferencialmente em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

windmill-turbines-green-field-wind-energy-concept.jpg

INSCREVA-SE AQUI E RECEBA EM SEU E-MAIL O PDF COMPLETO DESTA FORMAÇÃO

Junte-se à nossa lista de e-mail e tenha acesso a ofertas especiais exclusivas para nossos assinantes.

Obrigado por se registrar.

bottom of page